Search

Como serão os shoppings do futuro?



O mercado vive em constante transformação, principalmente nos nos últimos anos, em que esse efeito foi acelerado devido aos impactos nas interações e distanciamento social causados pela pandemia da COVID-19. Mais do que nunca a tecnologia ganha espaço no varejo para melhorar toda a experiência de compra dos consumidores da nova era, que necessitam de menos contato com vendedores e mais comodidade na hora de interagir com os produtos exibidos no estabelecimento.


Nesse cenário, os shoppings não ficaram para trás, regados de grandes lojas e marcas protagonistas de tendências e inovações, o seu ambiente está passando por grandes mudanças que visam alinhar os pontos de venda a novas medidas de tecnologia.


Assim, nós da eLoopz selecionamos algumas mudanças marcantes para você acompanhar e entender tudo que está acontecendo no mundo do varejo.


Integração entre o online e o offline



O e-commerce cresceu muito ao longo do ano passado, as pessoas que anteriormente haviam receio em fazer compras online, acabaram sem outras opções enquanto o comércio estava fechado. Assim, uma parte dessas pessoas começou a aderir a esse sistema e observou as vantagens que ele proporciona.


Além disso, aqueles que anteriormente já costumavam fazer suas comprar online, ficaram ainda mais satisfeitas com esse modelo, já que as empresas que trabalhavam nesse sistema estão investindo mais na qualidade das plataformas e na redução de tempo de entrega dos produtos.


Entretanto, essa situação não representa uma ameaça para a loja física, elas não estão destinadas a sumir, muito pelo contrário, esse novo cenário traz novas oportunidades de inovação para que os empreendimentos consigam, através da tecnologia, melhorar toda a sua experiência digital dentro da loja física.


Nessa linha, as lojas podem trazer, através de telas digitais e displays interativos, opções desde a busca virtual de produtos até a realização do pagamento para integrar os dois ambientes em um local só, o que extrai a melhor qualidade de ambos os canais, como a facilidade de compra, retirada instantânea da compra e a oportunidade de experimentar os produtos.


Veja como a Sephora e a Lenovo utilizam esses conceitos nos seus pontos de venda!


Experiências multissensoriais



Nos shoppings tradicionais já são comumente utilizados estratégias que estimulam os sentidos humanos para atrair os clientes para os estabelecimentos e influenciar nas suas decisões, essas ações vão desde músicas de fundo que dependendo do seu ritmo pode criar um cenário mais calmo ou mais acelerado até também a disposição dos objetos comercializados a vista na vitrine para instigar a curiosidade das pessoas em conhecer mais sobre o produto.


Contudo, essas ações já são utilizadas pela grande maioria dos pontos de venda, então a sua força acaba sendo reduzida e por consequência não geram tanto efeito quando o objetivo é se destacar frente ao mercado.


Assim, a tendência para os shoppings do futuro é fortalecer a maneira como essas experiências sensoriais são apresentadas para os clientes, para isso, o varejo está investindo cada vez mais em equipamentos digitais para serem colocados de maneira estratégica dentro da loja ou em sua vitrine para proporcionar um efeito de visualização muito mais profundo e dinâmico que consiga captar a atenção frente a tanto outros estímulos em que as pessoas são rodeadas.


Entenda mais sobre a ciência por traz da estratégia da utilização de Digital Signage!


Clientecentrismo



Com o avanço das redes sociais e de todos os canais de comunicação os clientes começaram a ser cada vez mais exigentes, mais do que nunca as pessoas buscam informações na internet e a avaliação de outros consumidores para julgar se um determinado produto atende as expectativas.


O comércio sabendo dessa forte interação com a internet precisa mais do que nunca se adaptar para utilizar a tecnologia ao seu favor, com um foco em oferecer não apenas um produto de alta qualidade, mas também toda uma experiência de compra memorável.


Dessa maneira, com a utilização de painéis digitais e displays interativos, o estabelecimento é capaz de criar interações com os clientes de maneira customizada de acordo com as suas necessidades e também coletar dados para observar como foi o comportamento das pessoas nesses momentos de contato e utilizar estes dados para estar adaptando e implementado cada vez mais melhorias no empreendimento.


Gostou do post e quer saber mais sobre as maiores mudanças tecnologias no varejo? Assine nossa newsletter e descubra!


11 views0 comments

Recent Posts

See All